A JEMBI/UEM-mOASIS Recebe Diploma de Mérito no XXXVIII Conselho Coordenador Provincial de Saúde de Cabo Delgado

A JEMBI/UEM-mOASIS Recebe Diploma de Mérito no XXXVIII Conselho Coordenador Provincial de Saúde de Cabo Delgado

A Jembi Health Systems como parceira do Ministério da Saúde foi convidada a participar no XXXVIII Conselho Coordenador Provincial de Saúde de Cabo Delgado onde recebeu o Diploma de Mérito pela sua contribuição no sector da saúde ao nível da província.


Dr. Adelino Covane – Coordenador de Implementação da Jembi/UEM-mOASIS & Dra. Luísa Panguene, Inspectora Geral Adjunta e Madrinha da Província.

Maputo, Moçambique – Outubro de 2018 – Presidido pelo Governador da Província de Cabo Delgado, o XXXVIII Conselho Coordenador de Saúde da província de Cabo Delgado sob o lema “Fortalecendo os Cuidados de Saúde Primários para Mais e Melhores Serviços” abordou assuntos pertinentes do sector da saúde, incluindo: o uso e melhoramento dos indicadores de rastreio do cancro do colo do útero; a redução da morbi-mortalidade materna e infantil; planeamento familiar, com enfoque na redução da gravidez em adolescentes; Tratamento Antirretroviral com destaque para o TARV Pediátrico até a prevenção e combate à corrupção. O Conselho Coordenador contou com a notável presença da Inspectora-geral Adjunta e Madrinha da Província de Cabo Delgado em representação de S.Excia Ministra da Saúde, a Administradora do Distrito de Pemba, e membros dos vários órgãos do governo provincial. Foi reconhecido o relevante contributo de todos funcionários da saúde e dos parceiros de cooperação na melhoria do acesso aos serviços e no cumprimento dos indicadores do Plano Quinquenal do Governo em curso. Foram igualmente apresentados obstáculos enfrentados pela província no que diz respeito ao cumprimento das recomendações do XXXVII Conselho Coordenador, o domínio de gestão das unidades sanitárias e programas de saúde e deficiente sustentabilidade das acções dos parceiros no final dos projectos.

No final do conselho Coordenador foram premiados os 17 melhores funcionários do sector da saúde em Cabo Delgado. Por fim, a Dra. Luisa Panguene, Inspectora-geral Adjunta apelou aos demais participantes a fazer das matrizes um instrumento de trabalho para atingir os objectivos do sector, melhorar a qualidade e humanização dos serviços de saúde, combater a corrupção, manifestando por fim o desejo de cumprimento dos indicadores que visam a redução das mortes maternas e aumento de doadores benévolos dentro das metas traçadas.

“O projecto em referência tornou-se possível graças a uma parceria entre Moçambique e o povo americano através do financiamento do PEPFAR – CDC”.

 

No comments yet.

Leave a Reply